HOME  / CURSOS
Kung Fu

Os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) afirmam a necessidade dos alunos participarem de atividades corporais, manterem atitudes de respeito e repúdio às práticas de violência contra o outro, aprender com a diversidade cultural de maneira plural, desenvolver a capacidade analítica e crítica. As artes marciais de um modo geral, e em específico o Kung Fu, entram exatamente nesse contexto como uma ferramenta para o desenvolvimento holístico da criança e do adolescente.

O Kung Fu é uma arte marcial milenar, sua história está ligada diretamente à história da China. Nos dias de hoje ela pode ser considerada uma arte marcial direcionada para o bem estar físico, para a saúde mental, para a correção e manutenção do sistema motor, para a melhoria do sistema respiratório, dentre muitos outros benefícios.

Por seu uma incrível técnica de defesa pessoal, melhora a autoestima, condicionamento físico e cuidado com a saúde. KUNG FU significa “habilidade” e cada participante o direciona para aquilo que ele mais necessita à melhoria de sua vida.

professor: Marcus Martins[1]

vestimenta para as aulas:

·         Calça kung fu (preta com elástico no tornozelo)

·         Camiseta amarela “Hung ga” (estilo do kung fu trabalhado no curso)

·         Faixa de kung fu

vagas: 12 por grupo

[1]. Marcus Martins é formado em História pela Uni Sant’Anna e especializado em arqueologia pela PUC, tendo atuado vários anos na profissão. Desde cedo fascinado pelas artes marciais, em especial a chinesa, escolheu o Kung Fu como meio de vida. Treinou estilo Louva-a-Deus com o Mestre Gabriel Pires de Amorim e Tai Chi com o Mestre Dagoberto Luiz de Souza. Foi em 2004 e 2005 campeão paulista e brasileiro. Participou de diversos campeonatos nacionais e internacionais. Foi sócio instrutor da TSKF Casa Verde, onde formou outros instrutores. Em 2008 alcançou o grau de faixa preta de Kung Fu e em 2009 sagrou-se campeão em Tai Chi campeão no Campeonato Mundial na Alemanha. Em 2008 e 2009 atuou como árbitro no internacional Championship Tournament, e em 2010 foi convidado a chefiar a arbitragem de Tai Chi no mesmo campeonato. Possui artigos publicados, dentre eles: “Artes Marciais e suas influências na História da China” (revista Desvendando a História – Ed. Escala, 2008). Possui conhecimentos em traumatologia especializada para artes marciais. É membro da Associação Internacional de Kung Fu Yee’s Hung Ga sob a supervisão do Grão Mestre Frank Yee (Yee Chi Wai) e Sifu Pedro Cepero Yee, dedicando-se ao ensinamento e continuidade do Kung Fu tradicional e do Tai Chi.