HOME  / CURSOS
Entre linhas e tecidos

(bordado, costura, patchwork)

“A vida vivida é o fio da meada que ao longo de tantos anos nos liga e nos possibilita criar, fazer com as mãos, com a emoção e com a alma a nossa arte”. Família Dumont

O curso traz uma proposta de resgate dos trabalhos manuais mais antigos da história, que em gerações passadas já foram curriculares na escola – o bordado e a costura. Uma nova (porém velha) forma de ilustrar e materializar as ideias de construção de objetos.

Ensinar crianças, adolescentes e adultos a bordar e costurar é, em primeiro lugar, uma oportunidade de mostrar e possibilitar a vivência de trabalhos manuais muito prazerosos de se fazer, porém, que exigem paciência e carinho para se alcançar o resultado final, diferente do ritmo a que se está acostumado nos dias de hoje.

As cores, padrões e texturas são escolhidos detalhadamente, suscitando a imaginação e a criatividade de cada um.

As possibilidades de trabalho são inúmeras. Pode-se confeccionar almofadas, bolsas, bolsinhas, carteiras, brinquedos (Toy Arts) etc.

Os alunos, num primeiro momento, serão apresentados de forma prática ao universo das linhas e tecidos. No bordado contemporâneo descobrirão a grande flexibilidade de uso das linhas, o que permite que as imperfeições sejam aceitas de forma mais natural, ampliando a quantidade de possibilidades, tornando assim o trabalho mais leve, menos rígido e mais fácil de aprender, ao contrário dos bordados convencionais, em que imperfeições não cabiam.

Já nos primeiros trabalhos de bordado e costura, os alunos poderão exercitar seus primeiros pontos, os arremates, a importância da escolha de linhas e da manutenção da limpeza do trabalho... além da paciência.

Com a experiência, a costura a mão se tornará mais possível, pois as mãos já saberão lidar com a agulha, o ponto já estará mais uniforme e a lógica da junção de tecidos mais clara. Será possível também montar peças de patchwork, cortando tecidos (sob medida) e costurando todo o complemento necessário para a confecção da peça.

O corte e a costura são matemáticos. Mesmo quando se usa moldes, tem-se que entender as medidas para possibilitar os encaixes, o que exige planejamento, raciocínio, habilidades manuais e noção estética.

As aulas serão ilustradas com um grande acervo de material gráfico, livros e revistas para exemplificar e estimular o trabalho, além de modelos de peças prontas.

professora: Adriana Nalin[1]

vagas: 8 participantes por grupo

[1]Adriana Nalin é artesã há 22 anos, sendo dez deles dedicados às artes com tecidos. Por três anos frequentou o curso regular de Patchwork (2002 a 2004) na Escola Entrelaçadas – São Paulo, além de cursos avulsos de técnicas variadas de patchwork e objetos em tecidos. Concluiu o módulo I e II do curso de formação de professores em Arte Educação no Instituto Tomie Ohtake (São Paulo – 2008 e 2009). Tem experiência profissional em Design de bijuterias, desenvolvimento de produtos Jogê e calçados em patchwork. Teve trabalhos expostos na Semana SENAC de patchwork. Trabalha em atelier próprio desde 2003, fazendo os mais diversos tipos de trabalhos com tecidos. Desenvolveu apostila para curso básico de patchwork no ano de 2004 e, desde então, vem ministrando regularmente aulas de costura e projetos para desenvolvimento de produtos. Desde 2007 ministra aulas de projeto e execução de produtos em tecidos para CROPH – Coordenação Regional da Obras de Promoção Humana –, pela Secretaria de Participação em Parceria com a Prefeitura de São Paulo.