HOME  / CURSOS
Capoeira

Oficialmente reconhecida como esporte desde 1972 pelo Conselho Nacional de Desporto, a capoeira surgiu entre os negros escravos. Começou como dança festiva e evoluiu para uma forma de defesa contra os feitores e capitães do mato. A palavra significa “mato ralo”, onde os escravos se escondiam. Atualmente, a capoeira é praticada em quase todos os continentes, atraindo pessoas de todas as raças, nacionalidades e classes sociais. Joga-se ao ritmo de atabaque, pandeiro, agogô e berimbau.

 

O trabalho básico do curso envolve:

  • iniciação básica de movimentos;
  • a roda de capoeira e seus fundamentos;
  • o maculelê (dança folclórica com bastões);
  • os instrumentos musicais da capoeira;
  • o berimbau e seus vários toques;
  • as cantigas.

 

professora: Djalma Leme (Mestre Magrão)[1]

destinado a: alunos do G3 (Educação Infantil) ao 6º ano (Ensino fundamental)

turmas/agrupamentos: (G3 a G5) e (G5 a 6º ano)

roupa: calça branca de tecido flexível e camiseta branca ou laranja, obrigatórias nas aulas (caso haja interesse, a vestimenta pode ser encomendada com o professor).

vagas:12 por turma

local:Oficina Toka – Rua Girassol, 913 (Vila Madalena)

 



 

[1] Djalma Leme (Mestre Magrão) é capoeirista desde 1979, tendo se graduado em 1987. Desde então, vem aperfeiçoando seus conhecimentos e desenvolvendo um trabalho de integração da história, da dança, da música e dos instrumentos da capoeira, buscando manter vivos seus princípios e fundamentos. Atualmente, leciona na Escola de Capoeira Cambapé, fundada em 1994, atendendo alunos de diferentes faixas etárias. Também dá aula de capoeira em escolas de educação infantil, ensino fundamental, médio e superior.